Alimenta disponibiliza consultas de Psicologia

A Alimenta disponibiliza, a partir do próximo dia 27 de outubro, um novo serviço aos seus associados:  consultas de Psicologia.

Os receios, medos e preocupações gerados pela doença e sua inclusão nas rotinas diárias; o cansaço motivado por uma constante vigilância e adaptação aos factos e contextos; as emoções geradas na tentativa de adequação são, em muitos casos, potencialmente geradores de ansiedade e outras sintomatologias. Os estudos levados a cabo por médicos e psicólogos de vários países são uníssonos no reconhecimento da importância do acompanhamento psicológico de doentes e cuidadores de pessoas com doenças crónicas.

Para a implementação deste projeto contamos com a Dra. Sónia Ferreira, psicóloga clínica, vogal da Direção da Alimenta e mãe de uma criança multialérgica.

As consultas decorrerão, uma vez por mês, aos sábados à tarde, entre as 15h e as 19h, e terão um custo para os associados de €20/sessão. As marcações podem ser efetuadas através do seguinte email: scamposferreira@gmail.com.

Alimenta participa no programa “Ponto de Partida” da Antena 1

José Luís Dias, membro da direcção da Alimenta e pai de uma criança multi alérgica, participou na última edição do programa “Ponto de Partida”, da Antena 1, intitulado “Alimentos a 2.º Vaga da Epidemia Alérgica”.

O programa da autoria da jornalista Eduarda Maio pode ser ouvido na íntegra em https://www.rtp.pt/play/p2063/e369164/ponto-de-partida.

Inaugurada Casa da Cidadania que acolherá sede da Alimenta

A Casa da Cidadania, espaço que acolherá a sede da Alimenta a par com as sedes de outras associações, foi inaugurada no dia 7 de julho, em Lisboa.

Gerido pela Junta de Freguesia do Lumiar, um Conselho de Parceiros e um Conselho de Acompanhamento, o equipamento disponibiliza um espaço de trabalho e partilha de serviços, de articulação de interesses, assegurando a todos a capacidade de definir e implementar atividades, nomeadamente de natureza cívica, social, cultural, informativa, educativa e de lazer.

Na cerimónia de inauguração que contou com a presença de Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, e de Pedro Delgado Alves, presidente da Junta de Freguesia do Lumiar, a Alimenta esteve representada pela sua vogal, Isabel Portugal de Abreu, e pela secretária da mesa da Assembleia Geral, Inês Dias Lopes.

Dia Solidário da Maratona da Saúde realiza-se a 13 de abril

O Dia Solidário da Maratona da Saúde na RTP realiza-se na próxima sexta-feira, dia 13 de abril e contará com a presença da Alimenta, representada pela sua vice-presidente e nutricionista, Ana Lúcia Silva.  Esta maratona televisiva vai ser dedicada às Doenças Autoimunes e Alergias e será emitida, em direto, na RTP 1 e RTP Internacional, durante todo o dia.

Os donativos para esta causa poderão ser realizados através do número 760 20 60 90  (custo da chamada 0,60€+IVA) e através da Linha Altice Portugal/ Maratona da Saúde  (+351 213 246 270).

Todos os anos, a Maratona da Saúde atribui os Prémios Maratona da Saúde em Investigação Biomédica. Esta edição os donativos à Maratona da Saúde vão apoiar a investigação científica na área das Doenças Autoimunes e Alergias, em Portugal.

Junte-se à Maratona da Saúde e divulgue esta causa.

 

Comunicado a propósito do filme “Peter Rabbit”

Estreia esta quinta-feira, dia 29 de março, em Portugal o filme infantil “Peter Rabbit”.

A Alimenta – Associação Portuguesa de Alergias e Intolerâncias Alimentares alerta todos aqueles que sofram de alergias alimentares, seus pais, familiares e amigos, que uma das cenas do filme pode ser especialmente perturbante para crianças que sofram de alergias alimentares.

Isto porque o herói “Peter Rabbit”, sabendo que o “vilão”, Tom McGregor, é alérgico a amoras, tenta atingi-lo com esses frutos, conseguindo mesmo que uma das amoras entre na boca do vilão. Este começa a ter uma reação alérgica grave, com falta de ar, e tenta utilizar a sua caneta de adrenalina, o que acaba por conseguir, caindo para o lado de exaustão. Neste momento “Peter Rabbit” e os seus amigos celebram a sua “vitória”.

Ou seja, o “herói” da história, e figura na qual é suposto as crianças se reverem ou admirarem, propositadamente provoca uma reação alérgica grave a uma outra personagem que sabe ter uma alergia alimentar, celebrando ainda este seu comportamento que só pode ser caraterizado como “bullying”.

A Alimenta sugere a todos aqueles que pretendam ver o filme com crianças com alergias alimentares que previamente falem com eles sobre esta cena, sobre “bullying” e “piadas” feitas à custa de quem sofre de alergias alimentares (ou até que reequacionem a visualização do filme).

A Alimenta junta-se ainda às muitas vozes que, a nível mundial, condenaram e lamentaram a falta de sensibilidade dos responsáveis pelo filme (produzido pela Sony Pictures), realçando mais uma vez a importância de todos, enquanto comunidade, percebemos a necessidade de criar uma cada vez maior consciência coletiva para os riscos (muitas vezes fatais) que aqueles que sofrem alergias alimentares enfrentam.

Fazer piadas à custa de quem sofre de alergias alimentares e glorificar o “bullying” sobre estes, ainda para mais num filme infantil que será visto por crianças que sofrem desta doença, não é apenas cruel, é também encorajar a audiência a não levar a sério os riscos das alergias alimentares e a menosprezar os comportamentos que aumentam os riscos de quem sofre de alergias alimentares.

É certo, e reconhecemos, que a Sony Pictures emitiu um pedido de desculpa pela cena do filme, mas também é certo que o mesmo continua em cena, em Portugal e por todo o mundo, sendo apenas o mais recente exemplo de filmes ou séries televisivas que abordam de forma inaceitável, ligeira ou humorística as alergias alimentares. Tal tem de acabar.

ALIMENTA na 38.ª Reunião Anual da SPAIC

A ALIMENTA – Associação Portuguesa de Alergias e Intolerâncias Alimentares marcou presença na 38.ª Reunião Anual da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC), que decorreu entre os dias 6 e 8 de Outubro, na Figueira da Foz.

A edição deste ano, dedicada ao tema “Alergia e Qualidade de Vida”, contou com uma apresentação de Inês Ramires, Presidente da Associação, sobre a perspectiva dos doentes e cuidadores.