Arquivo de etiquetas: Sem soja

Crumble de Pêra, Romã e Chocolate

[span6]

[text_justify] [font_bold]Dificuldade – Fácil[/font_bold][/text_justify]
[text_justify] [font_bold] Tempo – Demorado[/font_bold][/text_justify]

[/span6]
[label style=”3″]Ingredientes:[/label][list style=”2″ underline=”3″]

• 5 Peras (~750 g)
• 1 Romã (~160 g)
• 1/2 colher de sopa de Açúcar de Côco (ou outro adoçante natural)
• Raspa de 1/2 Limão (de preferência biológico)
• 1/4 colher de chá de Baunilha em pó
• 1 Pau de Canela

Para o Crumble:
• 1/3 chávena de Flocos de Aveia (~40 g)
• 1/3 chávena de Farinha de Aveia (~45 g)
• 2 colheres de sopa de Óleo de Côco, derretido
• 1+1/2 colheres de sopa de Açúcar de Côco (~25 g)
• 1 colher de sopa de Cacau Puro
• 10-12 Amêndoas, cortadas em pedaços grosseiros (opcional)
[/list]

[divider_double]
[label style=”2″]Modo de preparação[/label]

1. Descascar as peras e remover os caroços. Cortar as peras aos cubos para dentro de um tacho pequeno. Adicionar o pau de canela e levar ao lume brando. Deixar amolecer durante cerca de 10 minutos.
2. Quando a pera começar a ficar mole mas não demasiado desfeita adicionar o açúcar de côco, a raspa de limão e a baunilha. Mexer e continuar a cozinhar por mais 2-3 minutos.
3. Retirar do lume, retirar o pau de canela e verter a pera para um recipiente de ir ao forno. Distribuir as sementes da romã à superfície e reservar.
4. Preparar o crumble misturando todos os ingredientes numa tigela. Deverá ficar com uma consistência arenosa. Espalhar o crumble sobre o preparado anterior e levar ao forno pré-aquecido a 180 ºC durante cerca de 15-20 minutos (estar de olho para não queimar). Servir quente ou frio.

Empadão Vegano

[span6]

[text_justify] [font_bold]Dificuldade – Médio[/font_bold][/text_justify]
[text_justify] [font_bold] Tempo – Demorado[/font_bold][/text_justify]

[/span6]
[label style=”3″]Ingredientes:[/label][list style=”2″ underline=”3″]
Para o recheio de vegetais:
• 10 Cogumelos Brancos (~140 g)
• 1 Beringela (~400 g)
• 1 Cenoura grande (~175 g)
• 1 Cebola Roxa média (~100 g)
• 2 dentes de Alho
• 3 colheres de sopa de Pasta de Tomate
• 4-5 folhas de Manjericão
• 2 colheres de sopa de Coentros frescos picados
• 2 folhas de Louro (opcional)
• 1 pitada de Pimenta Preta (opcional)
• 1 pitada de Flor de Sal (opcional)

Para o Puré:
• 2 Batatas Doces médias (~440 g)
• 8 Batatas Brancas pequenas (~315 g, de preferência de agricultura biológica)
• 1/2 Curgete (~160 g)
• 2 dentes de Alho grandes
• 1/2 chávena de Leite de Amêndoas (ou outra bebida vegetal)
• 1/2 colher de chá de Noz Moscada
• 1 pitada de Pimenta Preta (opcional)
• 1 pitada de Flor de Sal (opcional)

[/list]

[divider_double]

[label style=”2″]Modo de preparação[/label]

Para fazer o recheio de Vegetais:
1. Picar a cebola e os dois dentes de alho. Fatiar os cogumelos em 3-4 fatias cada. Cortar os brócolos em pequenos raminhos. Ralar a cenoura e cortar a beringela aos cubos grosseiros. Reservar.
2. Colocar a cebola picada num tacho médio anti-aderente juntamente com as folhas de louro sobre lume médio-baixo. Adicionar 1-2 colheres de sopa de água (ou de caldo de legumes caseiro ou azeite) e deixar cozinhar até ficar transparente (cerca de 5 minutos) mexendo frequentemente e adicionando mais água se necessário.
2. Adicionar o alho picado e continuar a cozinhar por mais 2-3 minutos, até dourar.
3. Adicionar os cogumelos fatiados e cozinhar, mexendo frequentemente, até libertarem os seus sucos e reduzirem um pouco. Adicionar mais água ou caldo sempre que necessário, em pequenas porções (1-2 colheres de sopa de cada vez).
4. Adicionar a cenoura ralada, a beringela aos cubos e os raminhos de brócolos. Mexer para envolver, colocar a tampa no tacho e deixar cozinhar durante cerca de 8-10 minutos, mexendo ocasionalmente.
5. Adicionar a pasta de tomate e mais 2 colheres de sopa de água ou caldo. Mexer para incorporar e continuar a cozinhar no tacho tapado por mais 3-5 minutos.
6. Adicionar as ervas frescas picadas e temperar a gosto com flor de sal e pimenta preta, se desejado. Mexer para envolver e cozinhar por mais 1-2 minutos no tacho destapado. Retirar do lume e reservar.

Para preparar o Puré:
1. Lavar bem a casca das batatas brancas e os dois dentes de alho com casca e colocá-los num tacho médio.
2. Descascar a batata doce e a curgete e cortá-las em pedaços grosseiros.Colocar no tacho. Cobrir com água e levar ao lume médio-alto. Cozer durante cerca de 15 minutos ou até as batatas brancas estarem tenras.
3. Retirar do lume, escorrer e separar as batatas brancas e os dentes de alho. Passá-los por água fria e retirar a casca. Retornar tudo ao tacho.
4. Passar a com a varinha mágica ou com o passe vite. Adicionar o leite de amêndoas e mexer para incorporar. Temperar com a noz moscada e pimenta preta e flor de sal se desejado.

Para fazer o empadão:
1. Pré-aquecer o forno a 200 ºC.
2. Colocar a mistura de vegetais na base de um recipiente de ir ao forno e espalhar para cobrir o fundo.
3. Adicionar o puré e alisar a superfície com uma espátula. Para fazer a decoração como na fotografia, utilizar os dentes de um garfo. Levar ao forno para dourar durante cerca de 15 minutos. Servir quente.

Ver a receita em Just Natural Please

 

Pão de Banana e Aveia

[span6]

[text_justify] [font_bold]Dificuldade – Fácil[/font_bold][/text_justify]
[text_justify] [font_bold] Tempo – Demorado[/font_bold][/text_justify]

[/span6]
[label style=”3″]Ingredientes:[/label][list style=”2″ underline=”3″]

  • 2 chávenas de Flocos de Aveia (~200 g, ou farinha de aveia)
  • 2 Bananas grandes e maduras
  • 1/3 chávena de Tâmaras (~70 g)
  • 2 colheres de sopa de Linhaça Moída (espessada em 6 colheres de sopa de água 15 min.)
  • 1/2 colher de chá de Bicarbonato de Sódio (ou fermento)
  • 1 colher de chá bem cheia de Canela em pó
  • 1 colher de sopa de Sementes de Cânhamo (opcional)

[/list]

[divider_double]
[label style=”2″]Modo de preparação[/label]

1. Colocar a linhaça moída numa tigela pequena, adicionar a água e mexer para combinar. Deixar espessar durante cerca de 15 minutos.

2. Colocar os flocos de aveia no processador ou moinho de café e processar até formar uma farinha fina. Alternativamente, utilizar farinha pronta a usar.
3. Transferir a farinha para uma tigela e adicionar o bicarbonato de sódio e a canela. Mexer para incorporar.
4. Remover o caroço às tâmaras e colocá-las no processador. Pulsar algumas vezes para reduzir a pedaços pequenos, sem formar puré. Alternativamente, picar as tâmaras com uma faca. Transferir para a tigela contendo a farinha.
5. Colocar as bananas no processador, reservando cerca de 1/4 de banana para decorar o pão, e processar até formar puré (10 segundos). Transferir para a tigela.
6. Adicionar a linhaça espessada e mexer tudo para formar uma massa espessa.
7. Pré-aquecer o forno a 150 ºC e preparar uma forma retangular forrada com papel vegetal. Transferir a massa preparada para a forma e decorar a superfície com rodelas de banana e sementes de cânhamo. Levar ao forno durante cerca de 1 hora ou até o pão ficar dourado à superfície e um palito inserido no centro sair limpo.
8. Remover o pão do forno e deixar arrefecer na forma durante cerca de 5-10 minutos. Transferir para uma grelha de arrefecimento e deixar arrefecer por mais 15-20 minutos. Fatiar e servir.

Ver a receita no Just Natural Please

Azevias de abóbora e laranja

[span6]

 

 

 

[text_justify] [font_bold]Dificuldade – Fácil[/font_bold][/text_justify]

[text_justify] [font_bold] Tempo – Médio[/font_bold][/text_justify]

 

 

 

[/span6]

[label style=”3″]Ingredientes:[/label]

Massa

[list style=”2″ underline=”3″]

  • 60 gr de creme vegetal
  • 30 gr de azeite
  • 150 ml de água
  • 420 gr de farinha (peneirada)
  • 30 gr de sal fino

[/list]

 

Recheio / Compota de Abóbora e Laranja

[list style=”2″ underline=”3″]

  • 600 gr de abóbora Bolina
  • 250 gr de açúcar
  • Sumo de 1 laranja grande
  • Estes da casca de 1 limão
  • 1 pau de canela

[/list]

[divider_double]

[label style=”2″]Modo de preparação[/label]

 

Massa

Colocar o creme vegetal e o azeite num tacho em lume brando e deixar que fique totalmente liquido.

Dispor a farinha, com o sal já misturado, em cima da bancada em forma de vulcão com abertura ao meio.

Juntar o creme vegetal e o azeite ao centro e começar a envolver.

Adicionar a água e amassar vigorosamente até se obter uma massa homogénea e despegada.

Reservar e deixar repousar durante duas horas.

 

Recheio / Compota de Abóbora e Laranja

Descascar a abóbora e cortar em cubos pequenos.

Juntar todos os ingredientes num tacho, em lume baixo, e deixar cozer abóbora. Mexendo, sempre, várias vezes. Deixar em lume mínimo aproximadamente hora e meia até que a abóbora esteja totalmente desfeita.

Retirar o pau de canela e triturar bem na varinha mágica ou na Bimby.

Levar novamente ao lume mínimo / brando para apurar e até obter a consistência pretendida.

 

Massa (2)

Numa bancada polvilhada com farinha, estender a massa com um rolo da massa.

Cortar a massa em quadrado e colocar uma colher de chá de compota no centro. Juntar as extremidades do quadrado e calcar com um garfo para garantir que o doce não saia. Quando mais fina for a massa, mais estaladiça vai ficar a azevia.

Fritar em óleo quente até ficarem com a cor pretendida, escorrer o óleo em papel absorvente e envolver em açúcar e canela se desejado.

 

O que sobrar do doce de abóbora e laranja pode ser guardado em frasco de vidro ou numa taça para ser utilizado como compota ou até como acompanhamento de algum prato.

 

[divider_double]

João Ferrão

Ao fim de 20 anos de carreira profissional ligada à área comercial, sentiu a necessidade de mudar de rumo profissional e investir na área pela qual sempre sentiu uma enorme paixão. Foi assim que em 2012 integrou o 1º Atelier Fausto Airoldi na ACPP – Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal. No final deste curso de formação profissional, reconhecido pela WACS – World Association of Chefs Societies, realizou um estágio profissional no Altis Belém Hotel & Spa, sob a coordenação do Chef Cordeiro e Chef João Rodrigues, altura em que confirmou o seu gosto por esta profissão. No início de 2013, após uma rápida passagem pelo Restaurante Laurentina, em Lisboa, foi convidado para se juntar à equipa do Hotel Altis Avenida, coordenada pelo Chef João Correia, local onde se encontra a trabalhar desde então.

Bifinho do lombo de novilho com grelos salteados e batata doce

[span6]

 

 

[text_justify] [font_bold]Dificuldade – Média[/font_bold][/text_justify]

[text_justify] [font_bold] Tempo – Médio[/font_bold][/text_justify]

 

 

[/span6]

[label style=”3″]Ingredientes:[/label][list style=”2″ underline=”3″]

  • 300 gr de batata doce
  • 160 gr de bife de lombo de novilho
  • 30 gr de abóbora
  • 20 gr de ervilhas
  • 20 gr de pêra rocha
  • 80 ml de azeite
  • sal
  • 50 gr de sal grosso
  • 20 gr de sementes de sésamo
  • 25 gr de açúcar mascavado
  • 10 gr de rebentos de manjericão

[/list]

[divider_double]

[label style=”2″]Modo de preparação[/label]

 

Lavar bem a batata doce, colocar num tabuleiro com uma mão de sal grosso e levar ao forno a 190o durante 40 minutos.

Arranjar os grelos e bringir as suas folhas, em água a ferver com meia mão de sal grosso durante 1 minuto e 30 segundos, aproximadamente.

Cortar a abóbora em cubos pequenos e bringir em água a ferver, utilizando a mesma usada para  os grelos, durante 45 segundos aproximadamente. Cortar a pêra rocha em cubos pequenos iguais à abóbora.

Limpar a carne de nervos e gorduras, secar bem e temperar com sal fino. Numa frigideira com lume alto e um  pouco de azeite, corar o bife em todos os seus lados. Antes de servir levar ao forno, regado com fio de azeite, durante 8 minutos a 190º para garantir que fica bem passado.

Após verificar que a batata doce está bem assada, cortar em rodelas com aproximadamente 1 centimetro de largura e fritar  em óleo bem quente até ficarem bem crocantes.

Saltear os grelos numa frigideira com fio de azeite e alho esmagado.

Saltear os cubos de abóbora e pêra rocha com as ervilhas numa frigideira com um fio de azeite, 30 segundos antes de apagar o lume juntar uma colher de açúcar mascavado para caramelizar ligeiramente e juntar as sementes de sésamo.

 

Empratamento

Fatiar a carne e servir sobre os grelos salteados ao centro.

Regar a carne com o seu azeite saído do forno. Utilizar esse azeite para apontamento no  prato e decorar com rebentos de manjericão.

[divider_double]

João Ferrão

Ao fim de 20 anos de carreira profissional ligada à área comercial, sentiu a necessidade de mudar de rumo profissional e investir na área pela qual sempre sentiu uma enorme paixão. Foi assim que em 2012 integrou o 1º Atelier Fausto Airoldi na ACPP – Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal. No final deste curso de formação profissional, reconhecido pela WACS – World Association of Chefs Societies, realizou um estágio profissional no Altis Belém Hotel & Spa, sob a coordenação do Chef Cordeiro e Chef João Rodrigues, altura em que confirmou o seu gosto por esta profissão. No início de 2013, após uma rápida passagem pelo Restaurante Laurentina, em Lisboa, foi convidado para se juntar à equipa do Hotel Altis Avenida, coordenada pelo Chef João Correia, local onde se encontra a trabalhar desde então.

Creme de agrião com chuchu

[span6]

 

 

[text_justify] [font_bold]Dificuldade – Fácil[/font_bold][/text_justify]

[text_justify] [font_bold] Tempo – Médio[/font_bold][/text_justify]

 

[/span6]

[label style=”3″]Ingredientes:[/label][list style=”2″ underline=”3″]

  • 600 gr de abóbora menina
  • 500 gr de agriões
  • 3 cebolas
  • 4 cenouras
  • 2 chuchus
  • 50 ml de azeite
  • aprox. 3,5 lts de água
  • sal

[/list]

[divider_double]

[label style=”2″]Modo de preparação[/label]

 Descascar e cortar a cebola, a abóbora, a cenoura e o chuchu aos cubos grosseiros e arranjar o molho de agriões retirando as folhas e reservando.

Colocar azeite (50 ml) numa panela, juntar cebola cortada e deixar apurar␣ em lume brando durante 10 min.

Juntar a abóbora, a cenoura e o chuchu à panela e juntar a água (mais ou menos dependendo da consistência desejada para o creme), juntar o sal e temperar a gosto. Colocar o lume no máximo até ferver, em seguida reduzir para lume médio alto e deixar cozer durante 25 min e retirar do lume.

Triturar a sopa na varinha mágica ou na Bimby até obter um creme homogéneo.

Colocar o creme de novo na panela e juntar as folhas de agrião, anteriormente reservadas, em lume médio durante 10 min. para cozer o agrião.

 

Empratamento

Servir em prato fundo com rebentos de salsa ao centro.

[divider_double]

João Ferrão

Ao fim de 20 anos de carreira profissional ligada à área comercial, sentiu a necessidade de mudar de rumo profissional e investir na área pela qual sempre sentiu uma enorme paixão. Foi assim que em 2012 integrou o 1º Atelier Fausto Airoldi na ACPP – Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal. No final deste curso de formação profissional, reconhecido pela WACS – World Association of Chefs Societies, realizou um estágio profissional no Altis Belém Hotel & Spa, sob a coordenação do Chef Cordeiro e Chef João Rodrigues, altura em que confirmou o seu gosto por esta profissão. No início de 2013, após uma rápida passagem pelo Restaurante Laurentina, em Lisboa, foi convidado para se juntar à equipa do Hotel Altis Avenida, coordenada pelo Chef João Correia, local onde se encontra a trabalhar desde então.

Bolo de abóbora e maçã (Bimby)

[span6]

 

 

 

 

 

 

 

 

[text_justify] [font_bold]Dificuldade – Fácil[/font_bold][/text_justify]

[text_justify] [font_bold] Tempo – Médio[/font_bold][/text_justify]

 

 

 

 

 

 

 

[/span6]

[label style=”3″]Ingredientes:[/label][list style=”2″ underline=”3″]

Bolo

  • 300 g de abóbora fresca cortada em pedaços
  • 200 g de maçã descaroçadas e em pedaços
  • 100 g de corn-flakes (garanta que não contêm glúten, nem leite)
  • 50 g de farinha de quinoa
  • 100 g de passas
  • 100 g de açúcar amarelo ou mascavado
  • 6 ovos
  • 100 g de óleo de sésamo ou girassol
  • 1 colher de chá de canela
  • 1 colher de chá de noz-moscada
  • 1 pitada de cravinho
  • 200 g de farinha sem glúten*
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio

[/list]

 

*Farinha sem glúten[list style=”2″ underline=”3″]

  • 450 g arroz
  • 50 g de trigo sarraceno ou de grão de bico
  • 50 g de sementes de chia
  • 150 g de farinha de milho
  • 200 g de farinha de tapioca

[/list]

 

Cobertura[list style=”2″ underline=”3″]

  • 600 g de pera
  • 300 g de açúcar
  • 50 g de nozes

[/list][divider_double]

[label style=”2″]Modo de preparação[/label]

Bolo

Unte uma forma e pré-aqueça o forno a 170 C;

Coloque a abóbora e a maçã no copo e rale 10 segundos, velocidade 5.

Adicione os corn-flakes, a quinoa, as passas, o açúcar amarelo ou mascavado, os ovos e o óleo de sésamo ou de girassol, a canela, a noz-moscada e o cravinho misture 10-15 segundos, em velocidade inversa, velocidade 4.

Adicione a farinha e o bicarbonato de sódio e misture 10-15 segundos, em velocidade inversa, velocidade 4.

Deite a mistura na forma previamente untada.

Coloque no forno durante 50-55 minutos.

 

Farinha sem glúten

Coloque o arroz selvagem, o trigo sarraceno, e as sementes de chia e triture durante 1 e ½ minuto na velocidade 9.

Adicione os restantes ingredientes e mistura na velocidade 6, até estarem totalmente misturados.

 

Cobertura

Com o copo limpo coloque as peras e o açúcar e programe 10 segundos, velocidade 6.

Marque 30 minutos, temperatura 100C, velocidade 4.

Para que fique triturado, programe 5 minutos, temperatura varoma, velocidade 1.

Deixe arrefecer e coloque por cima do bolo, com as nozes por cima.

 

 

Pudim de leite creme

[span6]

 

[text_justify] [font_bold]Dificuldade – Fácil[/font_bold][/text_justify]

[text_justify] [font_bold] Tempo – Rápido[/font_bold][/text_justify]

[/span6]

[label style=”3″]Ingredientes:[/label][list style=”2″ underline=”3″]

  • 1 lt de leite de soja (ou outro)
  • 5 colheres de amido de milho
  • ½ frasco de geleia de arroz
  • 1 casca inteira de laranja
  • 1 pau de canela
  • 1 colher de sopa de agar-agar

[/list]

[divider_double]

[label style=”2″]Modo de preparação[/label]

 Ferva 750ml de leite com a casca da laranja e o pau de canela.

Deixe arrefecer.

Dissolva a farinha e o agar-agar no restante leite. Junte este preparado ao leite que ficou a arrefecer e leve a lume brando. Junte e geleia de arroz e continue a mexer até engrossar.

Retire do lume e deixe arrefecer à temperatura ambiente. Não necessita de ir ao frigorífico.

Pode servir![margin_25b]

Panquecas

[span6]

 

 

[text_justify] [font_bold]Dificuldade – Fácil[/font_bold][/text_justify]

[text_justify] [font_bold] Tempo – Rápido[/font_bold][/text_justify]

[/span6]

[label style=”3″]Ingredientes:[/label][list style=”2″ underline=”3″]

  • 6 Colheres de sopa de farinha
  • 3 Colheres de sopa de açúcar
  • 1 Colher se sobremesa de “no egg” com duas colheres de sopa de água
  • Uma colher de sobremesa de essência de baunilha (opcional)
  • Leite de soja ou arroz q.b.

[/list]

[divider_double]

[label style=”2″]Modo de preparação[/label]

Colocar a farinha, o açúcar, a baunilha e a mistura de “no egg” numa taça e misturar.

Juntar leite, a pouco e pouco, e incorporar bem todos os ingredientes da massa até esta ficar homogénea. A massa deve ficar um pouco espessa.

Colocar uma pequena frigideira ao lume e juntar um pouco de margarina de soja. Deixar derreter a margarina e retirar o excesso (se houver). Colocar uma colher grande de massa na frigideira e deixar a massa espalhar-se pelo largura da frigideira.

Quanto começar a verificar bolhas e pequenos buracos na massa é o momento de virar a panqueca com uma espátula. Deixe ficar um ou dois minutos do outro lado e retire.

Repita o processo para cada uma das panquecas

Deixe arrefecer e está pronto a comer.

 

Nota: Pode substituir o no egg por metade de uma banana esmagada. Pode adicionar à massa (antes de ir para a frigideira) pedaços fruta ou pepitas de chocolate e no final pode cobrir as panquecas com doce, mel, chocolate, açucar e canela ou comer simples.

Foccacia

[span6]

 

 

[text_justify] [font_bold]Dificuldade – Fácil[/font_bold][/text_justify]

[text_justify] [font_bold] Tempo – Rápido[/font_bold][/text_justify]

 

[/span6]

[label style=”3″]Ingredientes:[/label][list style=”2″ underline=”3″]

  • 500 gr de farinha
  • 2 c. chá de sal grosso
  • 7 g de fermento de acção rápida
  • 80 ml de azeite
  • 150 a 250 ml de água morna
  • Óleo vegetal para forrar
  • 1 ramo de rosmaninho fresco
  • 1 pitada de sal grosso

[/list]

[divider_double]

[label style=”2″]Modo de preparação[/label]

Forrar um tabuleiro de forno com farinha.

Colocar a farinha, o sal e o fermento numa taça e adicional o azeite e a água até que massa fique suave e não se pegue aos dedos.

Incorporar bem todos os ingredientes da massa e amassar 10 minutos à mão ou na máquina. A massa deve ficar elástica. Para ver se está pronta, pode fazer força com um dedo sobre a massa. Ao retirar o dedo a massa deve voltar ao formato inicial, se tal não acontecer deve amassar mais um pouco.

Dê um formato oval à massa e estenda-a com o rolo, ficando mais ou menos com uma dimensão de 30cm de comprimento por 20 cm de largura. Cubra-a com um pano ou papel aderente previamente untado e deixe levedar durante uma hora ou até dobrar o tamanho num local com temperatura amena.

Pré-aqueça o forno a 200º.

Após levedar, faça filas com pequenas covas na massa usando a ponta do dedo. Deixe um intervalo de cerca de 4 cm entre cada um.

Dentro de cada covinha coloque um pouco de alecrim. Espelhe a pitada de sal por cima e leve ao forno cerca de 25 a 30 minutos, ou até o pão ter uma cor dourada.

Retire do forno e deite um fio de azeite por cima do pão.

Deixe arrefecer no tabuleiro, sirva, saboreie e partilhe.